Arquivo para janeiro, 2011

Música por música #1

Posted in Música por música with tags , , on 31 de janeiro de 2011 by Pablo Teixeira

Tu és fiel Senhor – Harpa Cristã 535

Letra: Thomas Obediah Chisholm, 1923

 

Tu és fiel, Senhor, meu Pai celeste

Pleno poder aos teus filhos darás

Nunca mudaste, tu nunca faltaste

Tal como eras, tu sempre serás

 

Tu és fiel, Senhor! Tu és fiel, Senhor!

Dia após dia, com bênçãos sem fim

Tua mercê me sustenta e me guarda

Tu és fiel, Senhor, fiel a mim

 

Flores e frutos, montanhas e mares

Sol, Lua, estrelas no céu a brilhar

Tudo criaste na terra e nos ares

Todo o Universo vem pois te louvar

 

Pleno perdão tu dás

Paz, segurança

Cada momento me guias, Senhor

E no porvir, oh que doce esperança

Desfrutarei do teu rico favor

 

(Música por música, sem segundas intenções)

Anúncios

How to kill someone without leaving evidence

Posted in Reflexão with tags , , , on 26 de janeiro de 2011 by Pablo Teixeira

Pois é, esse foi um dos possíveis temas sugeridos pelo curso de inglês para a prova oral de conclusão do curso. Depois de rir um pouco, resolvi tentar entender qual seria o objetivo do curso ao achar que ao final de tudo, os alunos poderiam saber “como matar alguém sem deixar evidencia” e ainda escrever isso em inglês. Desisti de tentar entender nos primeiros minutos, mas fiquei com vontade de saber como fazer isso. Vai que um dia… (OK, BRINCADEIRA)

minha-noite #2

Posted in minha-noite with tags , , , on 14 de janeiro de 2011 by Pablo Teixeira

“I don’t quite know how to say how I feel”

Esperar, caminhar, prosseguir, encaixar, parar pra olhar. Sentir, dividir, conviver, parar pra crer. Duvidar, previnir, remediar, anoitecer, parar pra ceder. Proceder e então parar pra enlouquecer.

Mania que vem e vai. Loucura que dá, e aborta a lucidez de vez em quando.

Quando for pra ser, será mais cedo que ontem de manhã.

Será mais frio que o gelo congelado.

Será mais perto que a pele em chamas.

Será mais forte do que a morte.

Mania que vem e fica. Você acalma e faz. Faz reviravolta. Faz, revira e volta.

minha-noite #1

Posted in minha-noite with tags , , , on 4 de janeiro de 2011 by Pablo Teixeira

Haverá um dia, um único dia em que todos nós sentiremos exatamente a mesma coisa?

Sentiremos nós um único e mesmo dia?

Sentiremos alguma coisa um dia?

Sentiremos falta de haver um dia pra sentirmos todos a mesma coisa?

Será que não falta alguma coisa pra sentir num mesmo dia?

Será que um dia não seria pouco pra sentirmos a mesma falta?

Falta dia.

Falta algo.

Falta sentir.

Olha, falta faz. Mas também se faz mais nada hoje do que antes.

%d blogueiros gostam disto: